17 de julho de 2015

A tal da quimio branca...

Aqui vos fala uma linda paciente oncológica com 3 sessões de quimioterapia na cabeça e pouquíssimos efeitos colaterais chupaaaaaaaaaaa aqui é machoooo... criada comendo buchada, sarapatel, dobradinha... sangue nordestino correndo nas veias uhuuuu.

A branquinha sem limão, açúcar e gelo :(

Só pra atualizar, depois de muito debate entre os médicos, ficou decidido que eu faria sessões semanais de Taxol (a famosa quimio branca) e Perjeta e Herceptin a cada 21 dias (por tempo indeterminado... até sumir com os tumores). Sim meus caros, TODA SEMANA... fiquei arrasada na hora. A outra vez fazia só a cada 21 dias então dava pra recuperar e ter pelo menos duas semanas de vida normal. Mas toda semana e por tempo indeterminado... porrraaaannnn é pra arrombar a pessoa né.

Fiquei uns 2 dias pra digerir o assunto. Tava super animada pensando que daria pra fazer uns cursos, saracutear por aí... que nada... quimio semanal deixa tudo mais complexo e delicado pq o corpo não tem nem tempo de se recuperar e já recebe mais uma bomba de medicação. Mas fazer o que né... é o que tem pra hoje e como minha especialidade na vida é espremer o limão, então vamos lá.. força na peruca e aos poucos vou dando um jeitinho de encaixar meus planinhos nos dias que estou bem.

Ahhh queria contar pra vocês algo muito legal que vivi. Antes da primeira sessão reuni os amigos num restaurante pra me despedir do peixo crú (totalmente proibido durante o tratamento). Sou tarada por comida japonesa e arrumei essa desculpa esfarrapada pra reunir meus amigos e familiares para sugar cada gotinha de amor hahahaha. Foi uma noite deliciosa repleta de "eu te amo", "tamojunto", "vou raspar a cabeça junto com vc", "conte comigo", "vc é meu exemplo", "já deu certo", "vamos comemorar sua vitória", "vc é muito especial pra mim"... não tem preço gente. Eu estava tão feliz, mas tão feliz que esqueci de comer hahaha. Levei cada palavra e cada abraço para a quimioterapia... impressionante como amor ajuda. Apesar do esquema de guerra que a enfermagem usou por causa do risco de alergia à medicação, não senti nadinhaaaaaa :) 

Amo vocês demaissssssss <3

Na primeira quimio não tive muitas reações... só o cansaço básico, dor nas pernas e um princípio de cistite. A segunda sessão foi o óóóó dormi mal pq uma mulher louca, fez uma coisa desprezível e acabou me abalando muito... daí não dormi, fiquei nervosa e parece que deu tudo errado. Minhas veias sumiram... pra fazer a quimio foram 4 furadas. Pra fazer o hemograma mais 3. Tive piriri, muita dor de cabeça, bode, fadiga... e decidi: Não dou a ninguém o direito de tirar minha paz. Eu preciso muito dela pra tudo isso dar certo. Então gata pega seu recalque, sua maldade e covardia e enfia no c*. Obrigada!

Aí veio a terceira quimio... dessa vez estava ótima, em paz, tranquila, mas as veias não se recuperaram e foram mais 6 furadas :( Segunda eu vou colocar o cateter... um treco estranho perto do peito que facilita a entrada da medicação... vai acabar com minha sensualidade, mas tá bom... melhor do que ficar nesse sofrimento em busca de veias. Depois mostro pra vcs como ficou o cateter (não coloque no google pq só vem foto horrível e nem é assim...)

Precisando de um coador de suco de laranja??? Ligue djá!

No geral estou bem... já rolou cinema, cafézinho no Starbucks, barzinho (tomei suco), fiz uma corridinha e quase morri hahahaha, compras, passeios secretos hahaha e recebi muitas visitas especiais <3. Meu cabelo tá caindo muuuuuuuuuuuuitooooo, está bem ralinho... mas ainda não aparece nenhuma falha horrível. Só vou raspar qdo ficar muito feio pq daí será um alívio e não um sofrimento. E não me diga que cresce e  etc... sim, eu sei... mas antes de me falar isso se coloque no meu lugar. A doença em si já é uma bosta. Pensar que além de tudo você vai ter que se aceitar careca é fodaaaaaaaaaaaaaaaaaa... me julgue se quiser... não vejo graça nenhuma nisso... mas blz, vai ser mais um limão que eu vou espremer e no final tudo vira piada e vou dar um jeito de me divertir com a situação. 

Agora tenho dois médicos. O Dr Elias, meu onco de sempre e o Dr. Tiago... gatooooooo pqp dá até gosto ser paciente oncológica. Falando em gato, genteeee vou contar pq eu acho que pode ter valor pra quem acaba de ser diagnosticada hahahaha... Achei que os paqueras e pretendentes iam sumir da minha vida depois que eu contasse que não poderia sair pra jantar pq estava com câncer e ia fazer quimioterapia hahahaha mas, acreditem se quiser, do dia pra noite virei a top das galáxias, melhor partido da redondeza... tá engraçado demaisssss... uma fila de macho querendo raspar a cabeça, me mimando, paparicando e ressaltando o quanto além de linda, inteligente e sarcástica na medida, ainda sou guerreira, forte, mulher pra caralho.... pronto, tudo apaixonado kkkkk... Amigaaaaaaaaaaa ter câncer pode ser muito sexyyyyy uhuuuuu quem sabe saio de tudo isso curada e amando???? <3

Olha que lindo que eu ganhei <3


Ahhh e no meio desse caos que virou minha vidinha, ainda tive outro momento lindo que eu queria dividir com vocês... virei a tiadinda mais babona e apaixonada desse mundo!!!!

Muitoamô!


É isso galera... diferente da outra vez, não vou misturar os posts pra facilitar a busca. Tem gente que só vem aqui pra saber da minha saúde... outros pra ver os posts sobre decoração... então, pra organizar a bagaça vou intercalando posts de decoração e a atualização do tratamento. Sempre separado. Aí pra quem quiser ler só sobre o câncer basta clicar em "câncer de mama" no menu. Melhor né???


Me segue no insta que eu tento sempre atualizar a vidinha por lá! 
Obrigada a todos pelas orações, doces palavras e mensagens nos dias de quimio :)

bjjjjjj

19 de junho de 2015

Papo sério: Campanha POR MAIS TEMPO

Quero começar agradecendo de todo meu coração as centenas de mensagens que recebi após o último post. Tô me achando famosa, fofa, querida e principalmente amada... e isso não tem preço!!! Amor é o melhor presente que existe no mundo... e eu posso afirmar que nunca me senti tão presenteada como nas últimas semanas. Tô preenchida, tô feliz, tô em paz, tô pronta pra guerra!

Bom, já saiu o resultado da biópsia do nódulo do fígado e SIM é uma metástase do câncer de mama. Parece ruim né? Mas, não é! As pessoas ficaram me achando muito louca quando eu comemorei aliviada por ser metástase da mama.  Gente, pensa comigo:  NÃO estou com um câncer novo... não é um câncer de fígado. É um resto de lixo que sobrou do primeiro tumor. E o que a gente faz com lixo? Limpa e joga fora. Simples assim.  Sendo metástase, sei exatamente o nome do cara que vou enfrentar. Já é meu conhecido... não tem novidade nenhuma.

Mas, o que percebi é que as pessoas insistem em achar que câncer é pé na cova... metástase então é a sentença final, ficam só aguardando a data da missa de sétimo dia. É por isso que eu garrei num ódio de certos filmes e novelas. Querem matar alguém de forma dramática? Câncer. Querem dar lição de vida? Câncer terminal. Daí o que o povo acha? Que tô morrendo e sou muito foda por fazer piada com a situação.

A quem interessar possa, NÃO VOU MORRER carai... Quer dizer, vou, mas te garanto que não vai ser agora e nem vai ser de câncer. Sabe por que? Pq Deus é bom, a medicina evoluiu e eu tenho muita sorte por ter acesso aos tratamentos.

Falando em acesso, queria pedir que todos participassem da campanha POR MAIS TEMPO, criada pela Femama, Instituto Oncoguia e Roche, que discute a realidade das mulheres com câncer de mama metastático (tipo EU o/), fase da doença em que o tumor atingiu outros órgãos do corpo. Trata-se de uma iniciativa inédita e colaborativa em que médicos, ONGs e indústria se uniram para tornar a doença mais conhecida pela sociedade. Uma Pesquisa Datafolha encomendada pela campanha, mostra que metade da sociedade brasileira desconhece a fase mais avançada do câncer de mama e também não sabem da existência de tratamento, vejam:

Câncer de mama metastático – conhecimento

  • 60% dos brasileiros acreditam que o câncer é a doença que mais mata. Na verdade, segundo dados do Ministério da Saúde, as doenças que mais matam no Brasil são as cardiovasculares.
  • Quase a totalidade da população brasileira conhece o câncer de mama (98%). No entanto, praticamente metade da população adulta brasileira (46%) não sabe a diferença entre câncer inicial e câncer metastático.
  • Quatro entre dez mulheres e seis entre dez homens afirmam nunca ter ouvido falar sobre câncer de mama metastático.
  • 38% dos brasileiros afirmam conhecer alguém com câncer de mama metastático. 
  • 49% não conhecem ou acham que não existe tratamento para o câncer de mama metastático.  (cho-ca-da)

Câncer de mama metastático – percepção

  • 68% acham que a mulher com câncer de mama metastático tem má qualidade de vida.  (Oi?hahaha tava firme no #projetobundadapaola)
  • 68% acreditam que a mulher com essa doença tem pouca possibilidade de viver. (E vc que fuma? Tem menos chance que eu... só pra constar)
  • 72% acham que essa paciente pode ter pouco tempo de vida. (Affffffff)
  • 84% acham que, se tratado, é possível diminuir os sintomas e melhorar a qualidade de vida.
  • 75% acham que, se tratado, é possível alongar o tempo de vida da paciente.



A campanha POR MAIS TEMPO lança um novo olhar sobre o câncer de mama metastático e amplia o debate sobre a realidade dessas pacientes. A proposta é disseminar o conhecimento acerca dessa doença e discutir a necessidade de acesso igualitário aos tratamentos adequados para  essas mulheres.  Com o avanço da medicina, já existem alternativas de tratamento que controlam o tumor. Por meio das terapias-alvo, é possível atacar especificamente as células tumorais, impedindo a progressão da doença, proporcionando mais tempo e qualidade de vida às pacientes.  A Campanha Por Mais Tempo quer ampliar o debate e mobilizar toda a sociedade para participar desse movimento e ajudar as mulheres com câncer de mama metastático a viver mais. Uma petição  solicita ao Ministério da Saúde a incorporação de tratamentos mais adequados para as pacientes com câncer de mama metastático. A petição está disponível no link www.pormaistempo.com.br.

Quero muito pedir a ajuda de vocês nessa campanha. EU tenho sorte por ter um bom plano de saúde e acesso aos tratamentos. Mas acredite se quiser, a gente vive num país onde uma mulher que paga seus impostos em dia e depende da saúde pública não recebe um tratamento adequado no SUS. É uma roleta russa absurda. Por exemplo, eu usei uma medicação fodástica chamada Herceptin por ter um tumor metastático chamado Her2... mas agora, com uma metástase que provavelmente é Her2, se estivesse tratando no SUS não me dariam o único medicamento que resolve o problema.... é como se tivesse repetido de ano e não merecesse continuar viva... Daí não teria medicamento e eu ficaria descobrindo várias metástases até morrer. É o que o SUS faz. “Vamos salvar essa” “Essa não”. Que tal hein? Só acho que é uma conta imbecil feita por gente cretina cuja mãe é saudável. Não é mais fácil/econômico/inteligente tratar a pessoa direito e vê-la feliz, trabalhando e contribuindo com os impostos do que fazer um tratamento paliativo de bosta e continuar “gastando” com quimioterapia e cirurgia a cada metástase que a pessoa descobrir? PARA né gente... Queria ter o poder de dar a todas as mulheres as mesmas chances que eu tenho. Mas já que não posso, peço a ajuda de vocês para que, quem sabe, com essa petição a gente consiga dar mais tempo para tantas pessoas que como eu só querem VIVER!

É isso pessoas!

No momento estou na fase congelamento de óvulos e esperando o resultado de um exame chamado FISH, que confirma justamente se vou precisar usar o medicamento fodástico ou não para iniciar a quimioterapia. Espero que seja positivo. Pq este medicamento é muito top e com certeza terei muito mais chance de eliminar essa metástase bem rapidinho.

Ahhh olha o vídeo da campanha:


 A petição está disponível no link www.pormaistempo.com.br.



Me diz você, o que faria se tivesse mais tempo?



bjs

28 de maio de 2015

UFC: AnaMi x Câncer 2º round

AnaMi Targaryen se apresentado para a guerra! 

Se Deus dá as maiores batalhas para os melhores soldados devo começar esse texto concluindo que Ele me acha a versão feminina e gostosinha do Rambo hahahaha Calma, não me xingue. Não estou blasfemando! Quem convive comigo sabe que para aguentar as últimas surpresinhas da vida, só mesmo com muita fé. Não combina comigo esse papo de desistir. E nem combina também tratar com tanta seriedade o fato de que meu fígado é o novo local de concentração de células macabras rebeldes (deve ser tudo do PT sasporra). Se eu não esperava ter câncer de mama aos 28 anos, imagina descobrir duas metástases no fígado 3 anos depois do primeiro e no meio de uma separação dolorosa e incompreensível? F*da né!

Acho que ele é um FDP, traidor e ingrato! O ex? Não… pera hahahaha hoje me refiro ao fígado que tratei com tanto carinho e Cabernet Sauvignon. Vodka, só importada. Espumante, só prosecco daqueles que fazem cosquinha na boca. Gordura? Sempre evitei… e como ele retribui? Com dois nódulos neoplásicos, um de 5,7cm e outro de 1cm.

OK fígado já aviso: Vou ficar boa. E me vingar tomando umas cachaças de nome e procedência duvidosa tipo: licor do pau do índio, cura veado, atrás do saco,  amansa sogra ou nabunda… ui aposto que você conhece! hahahaha

Brincadeiras à parte (e meu estoque de piada oncológica está 100% renovado), quero que você saiba que não me acho azarada, infeliz, coitada… câncer é um fato cada vez mais comum, não escolhe religião, cor e nem idade e olha que beleza, estamos em 2015 e existe medicação para tratá-lo (tenho muita sorte isso sim). 

Câncer não me assusta mais. Me assusta gente egoísta, que vive de felicidade de Facebook (e curte as próprias postagens *o*), acredita nas mentiras que conta e maltrata pessoas enquanto prega caridade e bondade pra sair bem na foto. Quimioterapia não me dá medo. Medo eu tenho de cobra, de bandido desalmado e violência urbana. Ficar careca não me deixa triste. Tristeza eu sinto por ver as pessoas se acabando em nome do fast FODE da vida (beber, usar droga, esculachar e sacanear pai, mãe, esposa, marido e filhos) na busca insana por prazeres vazios.

Dizem que eu teria muitos motivos pra xingar e mandar tudo à merda. Mas, abri o resultado do exame em uma sexta-feira à noite, ou seja, final de semana cheio demais pra me preocupar com bobagem hahahaha Claro, não vou fazer a heroína e dizer que não chorei, quando na verdade derramei meio oceano pacífico Sofri, sofri, sofri e passei a madruga no telefone com a terapeuta… maaaaas, precisei acordar no sábado mais cedo pra ir retocar a progressiva (pq afinal, quero me manter maravilhosa até raspar a cabeça, depois vou ficar só linda… paciência). A noite tive um casamento pra ir. Fiz uma super make (pq agora sou profissional diplomada no assunto), coloquei um vestido deuso e dancei a noite toda!!! No domingo, a agenda também estava cheia… teve evento na Comunidade onde faço um trabalho voluntário e à noite fui encontrar minhas meninas, amigas do peito e fígado ahahahaha me diverti como se não houvesse amanhã. Por algum motivo idiota pensei que naquela noite nenhum gatinho ia me notar como se tivesse um letreiro na minha testa “Estou com câncer, não se aproxime”. Que nada, foi uma noite com direito a “você é linda demais, vou me apaixonar” do cara mais top da redondeza. Então, meu pós diagnóstico dessa vez não me fez querer xingar. Me fez querer viver!

Aí chegou a segunda e a visita ao dotô. Tudo tranquilo pra mim, afinal já sou experiente no assunto. Minha mãe a cada 3 palavras, 2 eram com voz de choro hahaha tadinha. Só me assustei mesmo quando ele disse “que é metástase a gente sabe, mas não temos certeza de onde” OIIIII???? Como assim sociedade???? Ele falou pra eu não me preocupar (impossível), mas ele pediria alguns exames pra investigar se não tinha nada no intestino e nos ossos e claro, uma biópsia do nódulo pra saber se tem as mesmas características do câncer anterior. Só coisa boa!!! hahaha PQP!

É nesse estágio que me encontro agora… esperando o resultado dos exames para o médico passar o modus operandi da guerra que vem a seguir. Só adiantou que vai ser MUUUUITA quimioterapia… ZZzzzZZZzzzz aike preguiça!

Eu queria fazer um post inteiro só pra contar como foi a biopsia do fígado tamanho o ódio que fiquei desse exame. DÓI pra caraiiiii. Anestesia só local e nada de sedação. Você fica numa posição ridícula com um tubo enfiado perto das costelas e o médico te pedindo pra respirar fundo (e eu querendo mandar ele TNC). A sensação é que o bagulho vai perfurar tudo… sem contar que me deu uma vontade enorme de espirrar (mas o medo de morrer com esse espeto atravessado em mim foi mais forte). Depois, gentilmente ele enfia 3 vezes agulhas que retiram fragmento do nódulo. Cada tiro é que nem uma estilingada no olho. Uma dor que faz  você desejar sumir do universo naquele momento. A recuperação foi o ó tb. Passei mal pra caramba de dor e ainda vivi um episódio pavoroso de queda de pressão de tanta dor que estava sentido. Chorei por mim e pelo desespero da minha mãe que não sabia o que fazer. Maaaaaaaas, passou!

Enquanto espero os resultados dos exames vou fazendo planos para o meu período de afastamento. Dessa vez quero aproveitar bastante o tempo livre e fazer cursos que não precisem do uso intensivo do cérebro hahahaha Tem alguma dica?  (pensei em jardinagem, culinária e massagem erótica hahaha).

Em setembro teria férias e já estava com metade da meu mochilão solo “Dan Brown” planejado e $$ investido :( Aconteceu algo parecido da outra vez. Mas esperei acabar o período de quimio e conclui meu desejo. Comemorei lá no Magic Kingdom, na Disney a  minha recuperação.

Agora não vai ser diferente.  ESCREVE AÍ  meu bem… vou fazer todas as quimioterapias que o médico mandar. Quero a mais forte. Quero ver esse nódulo maldito desaparecer. Quero ter certeza de que não vou viver isso pela terceira vez. E aí meus caros,  vou aprender como fala “chupa câncer” em italiano e vou gritar essas lindas palavras no meio da Praça São Pedro no Vaticano, durante  o Angelus. É assim que vai ser! E tá decidido! Alguém duvida? ;)


Considerações finais:

Para meus amigos e familiares: obrigada por tudoooo, mas não esqueçam que tenho Oncocard sem limites e não aceito não como resposta. Que fique claro!

Para os seguidores e amigos virtuais: tb uso Oncocard virtualmente. Gentileza me dar atenção e quando for possível me mande aqueeeeela energia positiva pq vocês não tem noção de como isso me ajudou a outra vez.

Para quem está na mesma guerra que eu: tamojunto. Me adiciona no Face, vamos trocar experiências… só quem está enfrentando essa merda sabe o peso que é. E é ótimo falar palavras como “meta” “monoclonal” sem precisar explicar o que significa hahahaha

Para a Silvana, minha terapeuta: obrigada por me aturar e trazer a Ana de verdade de volta. Ainda vou te contar sobre o quanto estou feliz por estar saudável e ao lado de alguém que me ama e quer dividir comigo todas as alegrias e tristezas até o fim... 

Para todos: Não preciso da sua dó (enfia no cú antes que eu esqueça).  Mas se quiser me dar um abraço verdadeiro e amor sincero tô aquiiiii e adorooooo carinho e cafuné!

E é isso… volto com o resultado da biópsia, dos exames e  como será o tratamento!

Mais pronta do que nunca pra guerra. Pq dessa vez, vou atropelar esse câncer e mandá-lo para o inferno definitivamente!


"Coragem não é ter forças pra continuar, é continuar mesmo quando não se tem forças."


Amo vcs <3

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...