30 de agosto de 2013

Vou deixa a vida me levar... 2 anos depois do diagnóstico!

Adivinha só... tô vivinha da silva rá!
Lá se vão 2 anos daquele 15 de setembro de 2011 quando recebi o diagnóstico de câncer de mama aos 28 anos de idade. Ano passado eu contei um pouco sobre como foi intenso o primeiro ano de tratamento, relembre AQUI e recebi muitos comentários legais, especialmente de pessoas que estão passando ou passaram pelo mesmo problema, espero continuar ajudando com a minha experiência pois ao contrário do que muitos pensam CÂNCER NÃO É MAIS UMA SENTENÇA DE MORTE.

Só pra constar estou postando agora pq dia 15 estarei de férias e muito muito longe hahaha mas não queria deixar de compartilhar como foi esse segundo ano de tratamento...

Do ano passado pra cá:

-Virei atleta...  e essa foi uma das mudanças mais significativas na minha vidinha depois de descobrir que meu corpinho tem células revoltadas loucas pra me assassinar hahaha. Acho que seria uma afronta à chance que Deus me deu de continuar viva manter velhos hábitos de preguiça que só faziam mal para o meu corpo. Tenho vontade de socar algumas pessoas que enfrentaram a doença e mesmo assim acham que, por exemplo,  fumar faz todo o sentido... tenha dó né! Deus te dá a chance de continuar por aqui e como agradecimento vc dá uma cuspida na cara Dele achando que "foda-se" tô viva pq sou foda! Sei lá, cada um com seus problemas... só estou falando o que eu acho e porque sempre penso que ter passado tão bem por um câncer é o suficiente para eu dar ainda mais valor ao meu corpo, ao meu dia, a minha vida... nesse último ano procurei me exercitar, melhorar a alimentação e até a qualidade dos meus pensamentos.

-Realizei um sonho de infância: conhecer a Disney! Viajei mesmo fazendo medicação e com aquele medinho de ter um treco, mas acho que felicidade é um remédio poderoso!!! Foram dias inesquecíveis e emocionantes. Antes de descobrir a doença eu e marido estávamos planejando essa viagem, mas aí fiquei doente e o sonho foi adiado... parecia algo muuuuito distante da nossa nova realidade (pq além de tudo câncer é uma doença cara), mas Deus é bom demais com a gente. As coisas começaram a melhorar e em pouco mais de 1 mês conseguimos viabilizar essa viagem. Teve sabor de sonho e também de vitória... foi mais um momento onde pensei "obrigada por estar viva para viver isso".

-Fiz a 18ª e última aplicação de Herceptin em dezembro, encerrando mais uma fase do tratamento :). Aqui vale um agradecimento especial para as enfermeiras fofas do Oncocenter. É muito bom ser bem tratada e se sentir cuidada... faz muita diferença afinal fazer quimioterapia é uma coisa que deixa a gente à flor da pele... 


-Compensei: Ano retrasado eu tinha acabado de fazer a primeira quimio, então o reveillon foi bem estranho... hahaha o povo lá se divertindo e eu sem poder sair de casa... mas aí ano passado compensei hahahaha Marido quase pede divórcio!!! 

-Ainda no quesito "compensando o ano passado" meu carnaval também foi babado, afinal em 2012 eu estava no auge do tratamento e bem acabadinha!

-Virei tia/madrinha: no dia 25 de fevereiro  nasceu mais um motivo para eu agradecer por estar viva: o Nicolas.... meu primeiro sobrinho e afilhadinho do coração... ele é filho do irmão do meu marido e eu amei essa criança mesmo antes dela nascer. Eu ainda tinha aquela  dorzinha no coração pq o câncer pode ter tirado de mim a possibilidade de ser mãe pelas vias normais, mas aí veio o Nicolas e a feridinha cicatrizou... adoro trocar fralda, dar banho, o cheirinho de bebê...  se eu já queria ser mãe, agora quero mais ainda (tenho talento pra isso... juro!), mas o Nicolas me trouxe paciência... tenho que esperar o Dr. Elias deixar eu ter bebê e isso vai demorar ainda pelo menos 3 anos e meio... até lá eu vou mimando e estragando muito o Nicolas e se Deus quiser minha irmãzinha caçula vai logo logo me dar um sobrinho pra deixar minha vida ainda mais feliz!

-E quando eu estava quase me achando a miss saúde, comecei a ter crises insuportáveis de pedra na vesícula... sim meus caros, tanta medicação fez meu organismo desenvolver 2 pedras enormes na minha vesícula. E eu já sabia disso desde o ano passado mas decidi que estava cansada de procedimentos cirúrgicos e não queria me ausentar mais uma vez do trabalho, então deixei pra lá, já que não estava sentindo nada.... mas aí em meados de abril as pedras deram o ar da graça e fui parar no pronto socorro algumas vezes até decidir operar. Foi uma fase difícil, senti dor, fiquei irritada, triste, de bode, cansada... quando falei para o médico que me operou que tive câncer de mama ele logo falou: "ahhh tá explicado, está tomando tamoxifeno né?"... então, para quem estiver em tratamento saiba que é normal esse (D)efeito colateral! Operei no final de junho, tirei a vesícula em uma cirurgia ninja de 8 minutos hahaha, rápido e prático assim... só 1 dia de internação e alguns dias de molho em casa com um pouco de dor e 4 furos no abdomen... sério, queria tirar uma foto do meu abdômen, é uma coisa doida, pareço uma colcha de retalho com tanta cicatriz, todas adquiridas nesses 2 anos de tratamento... já tenho 4 anestesias gerais no curriculo, milhares de pontos e 7 cicatrizes feinhas que não me deixam esquecer tudo o que já passei. Mas beleza!


-Nesse último ano descobri que meu cachorro é muito mais que um PUG... ele é manifestante :) hahaha Vi o povo finalmente dar um primeiro passinho em busca de mais justiça e um Brasil melhor "muito bom estar viva pra ver isso". Acho que efetivamente a mudança foi pequena, mas pode ser o indício de uma juventude conectada que não se contenta com pouca coisa... torcendo por dias melhores!

-Confesso que a vidinha está bem movimentada! É bom voltar ao normal... se sentir bonita, disposta, feliz! É bom ter saúde... e falando nisso, recentemente fui no Dotô Elias levar meus exames de controle, pra variar quase tive um treco, não me xinga e nem me pede calma... ainda é difícil abrir o envelopinho e cada vez que a moça da mamografia repete o exame no peito que sobrou tenho taquicardia... é  de f&¨&¨%%$$*(*(  sensação horrível! Tudo maomeno normal, tem umas microcalcificações no peito bom, mas dotô disse para não se preocupar... Próximo controle só em Dezembro iupiiiiiiii

E eu contei tudo isso só pra te dizer que sim, eu tive câncer, e quando penso isso dá um frio na barriga... não quero viver isso de novo, mas se alguém aí estiver passando por isso queria que você soubesse que eu precisei de menos de 2 anos pra ter a vida de volta ao normal... o anjôo passa, a ferida cicatriza, o cabelo cresce, a vida segue... não seja vítima dessa doença, não se menospreze, não se sinta inferior, tem gente saudável que não tem 1/3 da alegria de viver que eu tenho... esse deserto que atravessei foi duro, mas cada vez mais vejo o quanto foi bom não ter desanimado... Câncer não é mais o fim da linha... ele pode ser o começo de uma nova história e uma nova forma de ver a vida.

Agora dá licença pq estou embarcando para minhas férias... dessa vez tem no pacote + um pouquinho de Orlando (tarada pela Disney) + Passadinha em Miami + Cruzeiro pelas Bahamas... muito phynaaaaaaaaaaaaa d e s c u l p a...



Volto em breve!


bj


13 de agosto de 2013

Testei: Cooktop Elétrico Fischer

Como já falei por aqui eu só posto avaliação de eletrodoméstico depois que ele já tem um bom tempo de uso... afinal, acho que não faz sentido avaliar uma coisa novinha, pois só o tempo é capaz de nos mostrar a melhor forma de utilizar o produto e o principal: se valeu o investimento!

Hoje vim falar sobre o meu Cooktop Elétrico da Fischer - 4 "bocas" mesa vitrocerâmica. 


Diferente da maioria eu comprei o cooktop elétrico por necessidade e não por ser um objeto de desejo (juro rsrsrs). Na minha casa não temos gás de rua e como eu derrubei algumas paredes não tinha onde colocar o botijão de gás de forma segura e sem estragar minha decoração hahaha.

Pesquisei bastante... o mercado disponibiliza várias marcas e modelos. Os mais caros são aqueles com painel touch, onde é possível até escolher a temperatura exata que você quer. Eles são mais bonitos e cheios de frescuras, mas são mais caros (o da Brastemp é lindo de doer, mas está na faixa dos R$ 3.200,00). Também tem os modelos de cooktop elétrico por indução que são incríveis e economizam mais energia, porém ele requer panelas magnéticas com fundo de aço, multicamada ou ferro fundido para funcionar e na época ficou muito fora da minha realidade pagar pelo cooktop + comprar essas panelas caríssimas. No final fiquei entre 2 modelos que são mais simples e com preço mais em conta: Fischer e GE. Escolhi o da Fischer porque as dimensões dele caberiam mais facilmente no espaço onde antes havia um cooktop a gás. O da GE também caberia mas ficaria beeeeem apertadinho. Comprei em julho do ano passado no site do Compra Fácil e custou R$ 1.350,00. Ele está disponível somente com tensão 220V. 

Essa luz fica acendendo e apagando... no começo achei que era defeito, mas aí dei uns google e descobri que na verdade é a forma de manter a temperatura estável.

Importante ressaltar que a panela precisa ter o fundo reto e material resistente (não é indicado para panelas de vidro e cerâmica).

São 3 níveis de temperatura e 4 queimadores (2 de 1800W e 2 de 1200W). 
Não notamos uma diferença significativa no valor da conta de luz. 

Ele é fácil de limpar, mas com o tempo notamos o aparecimento de manchas esbranquiçadas e eu já tentei de tudo para limpar e não consegui. Como é de vidro tenho medo de colocar um produto mais forte e arranhar, ou manchar o vidro ainda mais... não sei o que é, mas é áspero e por isso acredito que dê pra remover, só não descobri ainda como. Alô Fischer, me ajuda!!!! hahahaha

Considerações finais:

1- Demora muuuuuuuuuuuito pra baixar a temperatura da superfície, então algumas vezes já derreti o pano/esponja ao tentar dar uma limpadinha. (Ele tem um sistema de LED que indica onde ainda está quente... mas eu demorei pra reparar nisso).
2- É fácil de limpar, mas até esse momento não descobri como remover manchas grudadas e como a superfície é tipo um vidro dá maior trabalho tirar aquelas manchinhas de gordura.
3- Acho que ele esquenta mais rápido do que o fogo normal.
4- Ele é bonito e deixa a cozinha com um visual clean.
5- Gosto do fato de não ter botijão de gás em casa.
6- Só sinto falta de gás quando falta energia hahaha

Pra mim está valendo muuuito a pena!!! Adoro meu cooktop!
Se precisar de mais informações o link do produto no site oficial é: http://www.fischer.com.br/a/produto/fogao-cooktop-fischer-4q-eletrico-mesa-vitroceramica

Só ressaltando que eu NÃO ganhei nada pra publicar essa avaliação. Só falo de produtos que eu tenho na minha casa e pagos com meu rico e suado dinheirinho!

Caso alguém saiba como limpar as manchas deixe um comentário (pq já pesquisei e não é só o cooktop da Fischer que gruda essas manchas brancas). Se der certo eu faço um antes depois e dou a dica aqui no blog!

É isso... se tiver alguma dúvida, sugestão, opinião sobre esse tipo de produto deixe seu comentário para ajudar as pessoas que estão pesquisando!

Bjjjjj

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...